O conforto térmico em um apartamento deve existir independentemente da estação do ano. No entanto, o morador precisa colocar em prática algumas dicas essenciais para proporcionar ambientes sempre agradáveis. 

Além de estratégias na construção, como posicionamento do imóvel e das janelas, alguns itens decorativos, materiais e cores podem interferir na iluminação e conforto dos moradores. Por isso, é necessário ficar atento a esses fatores na sua casa!

Quer entender melhor como isso funciona? Leia o texto de hoje e descubra como manter o conforto térmico em um apartamento!

 

Estratégias para o conforto térmico em um apartamento

O conforto térmico começa na construção. Com o avanço da tecnologia, as obras estão ficando cada vez mais inteligentes e modernas. As estratégias construtivas para gerar conforto térmico estão presentes no acabamento do imóvel como, por exemplo, na parte interna das paredes, nos revestimentos ou no contrapiso.

No entanto, há estratégias que não dependem da construção, mas sim das escolhas que você mesmo faz. Veja abaixo 4 dicas importantes para o conforto térmico em um apartamento!

 

1. Plantas

Ter plantas no apartamento pode ajudar no conforto térmico do imóvel. Pois, além dos benefícios para a decoração, os vegetais são responsáveis por regular a taxa de umidade do ar dos ambientes. Assim, proporcionando uma sensação agradável de bem-estar.

Por isso, em alguns projetos arquitetônicos, é possível encontrá-las não apenas nas varandas, mas também em jardins suspensos nas salas de estar ou corredores. É importante lembrar: esses espaços devem receber a claridade da luz natural, já que elas dependem disso para sobreviver.

 

2. Cortinas e persianas

Ao buscar alternativas para regular a entrada de luz no interior do imóvel, as cortinas e persianas vem logo à mente de quem planeja decorar sem abrir mão do conforto. E, sem dúvidas, elas são as melhores opções para deixar o apartamento bonito e aconchegante.

Hoje, você pode encontrar modelos que vão dos mais simples e tradicionais até os mais modernos e automatizados. Estes, por exemplo, podem ser programados por meio de um app de celular, criando a possibilidade de preparar o espaço antes de chegar em casa.

 

3. Cores

Pensar nas cores parece um assunto que se refere apenas à estética do apartamento. Porém, escolher a tonalidade certa para as paredes, móveis, tecidos e itens decorativos do imóvel ajuda também no conforto térmico interno dos ambientes.

O motivo do aumento de temperatura muitas vezes é a predominância de cores escuras nos cômodos. Afinal, elas retêm mais o calor. Por isso, a dica em relação às cores é de, na dúvida, optar por tons mais claros ou neutros. Dessa forma, você cria espaços mais aconchegantes.

 

4. Móveis e objetos

Por último, nossa dica é a respeito da distribuição dos móveis e objetos no apartamento. A ideia de ter uma casa cheia deles, além de atrapalhar na circulação de pessoas, pode prejudicar a passagem do ar. Sendo assim, isso transforma espaços que poderiam ser mais frescos em ambientes desagradáveis e abafados.

 

O texto de hoje trouxe estratégias para você transformar o seu lar em um lugar mais aconchegante para viver. Pois, além das técnicas construtivas que geram conforto térmico, há a possibilidade de fazer mudanças que proporcionam ambientes mais confortáveis e agradáveis.

Você está acompanhando as notícias do lançamento? As obras do Martin Sehner começaram em julho. Confira os detalhes desse nosso super empreendimento em Maceió.