fbpx

Automação residencial: o que é e como funciona

Você sabe o que a automação residencial pode fazer por você? Imagine chegar em casa, depois de um dia cansativo de trabalho, e encontrar sua casa pronta para te receber: climatizada, com a iluminação que você deseja e ainda com som ambiente!

Pois saiba que através da automação residencial tudo isso é possível. Para algumas pessoas, o sonho da casa inteligente já se tornou uma realidade.

O melhor? Você não precisa de muito. Com um pouco de investimento financeiro e os dispositivos certos a próxima casa inteligente poderá ser a sua.

Automação residencial

Foto por John Tekeridis/Pexels

 

O que é a automação residencial?

Automação residencial é a execução automática das tarefas cotidianas de uma casa por meio do uso da tecnologia, sem a necessidade de intervenção humana.

Dessa forma, as tarefas que anteriormente ficavam a cargo dos moradores, como ligar uma lâmpada, por exemplo, passam a ser realizadas por dispositivos que são programados para isso. 

Mas não pense que conforto e praticidade são os únicos benefícios trazidos pela automação residencial. Ela também pode contribuir para a redução do consumo de energia, a segurança dos moradores e auxiliar pessoas com mobilidade reduzida, assim como quem tem deficiências física ou visual.

 

O que a automação residencial pode fazer? 

Na automação, o controle de várias funcionalidades da residência pode ser feito através de um único dispositivo, como um smartphone, por exemplo. Além disso, é possível controlar e programar sistemas e equipamentos da casa em tempo real sem sequer estar perto deles. 

Sendo assim, o morador pode ajustar o funcionamento da casa de acordo com o que deseja, além de não precisar fazer manualmente muitas das tarefas cotidianas. Por isso a economia de energia: como é possível programar o funcionamento dos equipamentos, o morador pode agendar para que eles sejam desligados quando não forem utilizados.

Isto é o que também é possível fazer com o sistema de iluminação, através de sensores de acionamento automático, por exemplo. Ou até mesmo com o sistema de climatização, controlando a temperatura pelo smartphone ou programando o ar-condicionado para que seja ligado ou desligado em momentos específicos do dia.

Ademais, com relação à segurança, através da automação residencial o morador pode monitorar sua casa em tempo real, obtendo o controle de acesso de câmeras, sensor de janelas e portas. Tudo através de uma interface de automação em dispositivos como tablets e smartphones.

 

Dispositivos para automação residencial 

No entanto, como já foi mencionado, para que tudo isso se torne uma realidade, é necessário ter alguns dispositivos. Além de uma rede Wi-Fi disponível, claro. 

Entre os dispositivos mais populares para automação residencial estão os assistentes de voz. Eficientes para aumentar a acessibilidade de residências, eles possibilitam controlar um sistema de automação (iluminação, áudio e vídeo, segurança, ar-condicionado) por comandos diretos.

Igualmente úteis são as câmeras inteligentes. Muito usadas na automação residencial, elas têm conexão Wi-Fi, são capazes de “enxergar” no escuro, fornecem imagens em HD e, entre outras funcionalidades, permitem o acesso do usuário pelo celular. 

Também já é possível encontrar ar-condicionado com conexão Wi-Fi, que pode ser controlado à distância. Além disso, dá para o usuário monitorar a temperatura ambiente e o consumo de energia em tempo real. Em suma, não faltam dispositivos capazes de automatizar sua residência. Basta escolher os seus!

 

Gostou desse texto? Então não deixe de conferir os outros disponíveis no nosso blog e assinar a newsletter para receber conteúdo exclusivo!


2020-01-28T16:06:35-03:00